Como decorar com vasos decorativos

Está a chegar a primavera e a Páscoa e é altura de refrescar as casas e dar-lhes aquele up para deixar para trás este inverno que, além de nos ter confinado, foi carregado de chuva e dias cinzentos.

Mais do que em qualquer outro ano, estamos todos desejosos de sol e mais sol, cheiro a primavera, cheiro a flores no ar e andorinhas a dançar nos céus. Quem não?

Riva Escritório

Para além da vontade que todos temos de arejar as casas com as janelas abertas, de dar aquela lavagem a todas as mantas, cortinas, carpetes e tudo o mais, está também na hora de alterar a decoração para lhe dar um ar mais primaveril. E como fazer isso sem vender um rim? Com plantas, com flores, com vasos decorativos, com vasos para plantas de interior.

Vasos Decorativos

Não há dúvidas que um espaço em casa com plantas e flores ou sem elas faz toda a diferença. Segundo os especialistas, os vasos decorativos transmitem um toque de beleza e elegância à casa, sem ser preciso despender uma pequena fortuna.

Atualmente, os vasos decorativos para plantas de interiores passaram a ser um elemento essencial em todas as divisões da casa e, inclusive, substituindo alguns dos móveis.

É o caso, por exemplo, de servirem de separador entre divisões. A ideia é criar uma espécie de parede que separe os espaços, mas sem perder a luminosidade, sem perder muito espaço e não sendo visualmente tão pesada.

Estante de vasos

Os vasos para plantas de interior podem, ainda, criar a ilusão de um espaço dentro de outro, delimitando-o.

A utilização de plantas ou flores tende a dar mais detalhe aos próprios vasos decorativos, destacando-os ou complementando-os, acabando por fazer sobressair a sua beleza. Um espaço pode tornar-se muito mais alegre apenas pelo simples facto de se adicionar vasos coloridos e que contrastem com a sobriedade da decoração restante, ou tornar-se mais elegante se se optar por vasos decorativos de plantas de interior com texturas e cores mais neutras.

Como escolher vasos decorativos

Quando temos uma enorme variedade de estilos, tamanhos e cores, pode tornar-se difícil escolher os vasos decorativos para interiores ideais. Antes de mais, há que ter a ideia para a qual se pretende o vaso decorativo desejado. Por regra, existem duas hipóteses: a primeira é criar harmonia com a restante decoração, de maneira a que o ambiente criado se torne homogéneo.

Vaso Decorativo

A segunda é o oposto, ou seja realçar os vasos com plantas por forma a chocar, destoar, criando algo que seja totalmente diferente do que é tradicional.

Vasos de parede

Além disso, antes de se tomar a decisão de comprar, é preciso decidir onde será colocado o vaso decorativo, uma vez que caso seja no exterior é necessário levar em linha de conta o tipo de material. Os efeitos decorativos também podem influenciar na escolha, já que o vaso de interior precisa de fazer algum tipo de conexão com os restantes objetos da decoração.

Os diversos tipos de vasos para plantas de interiores requerem um contexto para serem ali inseridos, razão pela qual a escolha de texturas e cores varia de acordo com o ambiente decorativo. O espaço livre numa divisão pode ajudar a tomar a decisão já que ambientes com pouco espaço parecem mais pequenos se optar por vasos decorativos grandes. Fica aqui uma dica: neste caso, opte por vasos decorativos pequenos espalhados pelo espaço, em mesas de apoio, estantes, transmitindo, ainda assim, mais delicadeza ao ambiente. Pelo contrário, espaços amplos são ótimos para vasos decorativos grandes, que, atenta a sua dimensão, são colocados nos cantos para não estorvarem.

Inspiração

Vasos
Ambiente com vasos
Vasos na prateleira
Vasos decorativos pretos
Vasos no quarto
Conjunto de vasos