Saiba como escolher o melhor trem de cozinha

Há tanta variedade de escolha na hora de comprar panelas e tachos que fica difícil optar por um trem de cozinha que preencha as necessidades de cada um. Vamos, então, procurar condensar quais os itens essenciais para uma boa escolha.

A compra de um trem de cozinha é bastante importante, já que não é só um conjunto de tachos e panelas. É muito mais do que isso, já que, para além do resto, se trata de um dos utensílios de casa de utilizados praticamente todos os dias.

Se é certo que não nos damos conta no momento da compra, o facto é que, se for bem conservado e de boa qualidade, o trem de cozinha dura quase “uma vida”. Numa época em que tanto se fala em sustentabilidade e se procura baixar os níveis de consumismo, a compra de artigos em materiais como o inox cuja durabilidade é quase eterna, tem toda a importância para o ambiente. É por essa razão que devemos fazer uma compra consciente e ponderada dos nossos tachos e panelas.

Trem 9 Peças Inox Com Oferta Faqueiro 24 Peças – Sl Atlantico Glass

Não vamos, no entanto, pensar, que com isto queremos significar que teremos de comprar a panela mais cara do mercado. Claro que não! Mas sabemos o resultado final das refeições confecionadas dependerá, principalmente da mão da/o cozinheira/o, mas também da qualidade do trem de cozinha escolhido.

VISITE A NOSSA ÁREA DE ARTIGOS DE PREPARAÇÃO E CONFECÇÃO

5 Passos para escolher um trem de cozinha

PREÇO

trens de cozinha para diversos preços e esta é, naturalmente, uma das questões essenciais no momento de decidir. Como é compreensível, os mais acessíveis não garantirão a qualidade mais desejada. É essencial ter em conta que se trata de um conjunto de diversos tachos e panelas, que, como já referimos, poderão ter uma durabilidade para além daquilo que podemos imaginar.

Deverá ser ponderado, ainda, o uso que é habitualmente dado às peças. Se se irá usar muito ou pouco… se se irá utilizar a altas temperaturas. Como é expetável, quanto mais uso e mais altas forem as temperaturas a que se submetem as peças do trem de cozinha mais rapidamente se deterioram os materiais do revestimento.

Os preços variam ainda tendo em conta quer o tipo de material, quer o número de peças de cada trem de cozinha. Há alguns de 3 peças como há outros de 9 peças, pelo que a opção deverá considerar o tipo de confeção que habitualmente se efetua e assim optar pelas panelas mais utilizadas. Tenha em atenção que comprar depois avulso poder não lhe compensar.

Todos estes fatores são importantes na hora de optar.

TIPO DE MATERIAL

Os principais materiais utilizados nas panelas ou tachos que compõem o trem de cozinha são: ferro, cerâmica, inox e indução.

Os que possuem uma durabilidade mais prolongada são o ferro e o inox. Já as panelas de indução são especiais, porque não funcionam em qualquer fogão, mas apenas nos que estão preparados para este tipo de panelas. Têm a vantagem de serem bastante rápidos na confeção dos alimentos. As panelas em cerâmica, por seu turno, têm a vantagem de serem antiaderentes, não havendo o perigo de os alimentos se colarem ao fundo

NÚMERO DE PEÇAS

O número de peças num trem de cozinha pode variar e esse é outro dos pormenores a ter em conta na hora de escolher.

Como saber qual o que melhor preenche as nossas necessidades? Verificando que tipo de refeições que efetua e que tipo de panelas tem o trem, o número de pessoas para quem habitualmente cozinha e o tamanho dos tachos. Tenha sempre em atenção que poderá necessitar, esporadicamente, de uma panela para um grupo de amigos.

Os trens de cozinha mais comuns têm entre 3 peças a 9 peças.

DURABILIDADE

Dependendo do tipo de material, do uso e da manutenção que for dado ao seu trem de cozinha o seu tempo de vida poderá ser mais ou menos prolongado no tempo.

Opte por isso por um trem de cozinha durável! Alguns deles garantem mais de 25 anos de bons cozinhados! Mas tudo dependente também da forma como se tratam as peças.

3 tipos de panelas essenciais na sua cozinha

Para obter um resultado extraordinário quando cozinha, o tipo de panela certa é tão importante quanto a qualidade dos ingredientes escolhidos. Quem já tentou estrelar um ovo sem gordura numa frigideira antiaderente sabe do que falamos.

Cada receita possui uma forma certa para a sua cozedura. Vamos ver se alguém sabia esta dica. Para se conseguir que a carne fique com aquela crostinha por fora, mas rosadinha por dentro, é necessário que o fundo da panela aqueça rápido e não arrefeça quando a temperatura do alimento, logo que saia do frigorífico, entre em contato com ela. Para isso, é preciso usar uma frigideira da altura do corte e com fundo triplo, ou pelo menos com 2,5 cm de espessura.

Numa cozinha são essenciais os seguintes tipos de panelas:

– assadeira

– panela de cabo

– frigideira antiaerente

Investindo nesses três tipos de utensílios de boa qualidade, verá que é capaz de adaptar praticamente todos os processos de cozimento com boa eficácia, já que será possível grelhar, fritar, cozinhar e assar sem problemas.

Principais tipos de panela

Além destes três tipos de panelas, há outros que poderão integrar o seu trem de cozinha. Os principais tipos de panelas são:

PANELA COM CABO

Sua versatilidade torna-a a caçarola essencial para se ter na cozinha. Com ela é possível realizar procedimentos de cozedura como frituras. Nesta panela faz-se arroz, purê, molhos, carnes fritas ou cozidas, massa e até processos mais complexos. Atento o facto de o seu tamanho ser propriador para, por exemplo, um arroz para 3 ou 4 pessoas, é costume ser a caçarola mais utilizada.

FRIGIDEIRA

A frigideira, ou como é designada em alguns pontos do nosso país, a fritadeira, é utilizada para essencialmente para fritar, mas também para grelhar e selar. O fundo da frigideira chega a temperaturas bastante altas e se possuir espessura ideal (3mm), mantém a mesma temperatura mesmo quando em contacto com os alimentos frios. O seu formato faz com que o calor não fique retido, concentrando-se na parte que entra em contato com o alimento. E é isso que cria um belo bife com crosta por fora e rosadinho por dentro.

CAÇAROLA

À primeira vista, esse tipo se assemelha bastante a uma panela com cabo, com a principal diferença da ausência no cabo e no lugar alças laterais. Porém, a principal diferença está em sua altura, sendo ligeiramente mais funda. Esse diâmetro tem como principal função a conservação do calor em seu interior de forma mais homogênea, o que permite cozer os alimentos mais lentamente. Isso a torna ideal para cozinhados que levem mais, como estufados e cozidos e alguns pratos de carne, tais como feijoadas.

PANELA DE PRESSÃO

A principal vantagem da panela é a pressão é acelerar o processo de cozedura dos alimentos. Tal ocorre porque ela possui um sistema que impede o vapor de sair, aumentando a pressão e a temperatura interna. A panela é indicada para cozinhar praticamente todos os alimentos, principalmente aqueles que seriam feitos em uma caçarola e demorariam algum tempo, como é o caso de feijão.

Agora que já conhece algumas ideias para poder escolher o seu trem de cozinha visite a loja online da Ricardo & Vaz para fazer a sua encomenda na nossa secção de artigos de preparação e confecção. Centenas de artigos em diversas cores, materiais e design vão levá-lo no bom caminho até à escolha certa! www.ricardoevaz.com

Separator image

Mais informações